Imagens em Movimento

Loading...

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Manifestações muito além de carroças vazias



Muito além de carroças vazias

Por Diego Polachini

“Certa manhã o meu pai, muito sábio, convidou-me a dar um passeio no bosque. Deteve-se subitamente numa clareira e perguntou-me: - Além dos pássaros, ouves mais alguma coisa? Apurei os ouvidos e respondi: Estou a ouvir o barulho de uma carroça. - Isso mesmo, disse o meu pai, de uma carroça vazia. Perguntei-lhe: - Como sabe que está vazia, se ainda a não vimos? - Ora, é fácil! Quanto mais vazia está a carroça, maior é o barulho que faz.

Esta passagem deve servir de exemplo para muitos dos nossos jovens que hoje se manifestam na Câmara de São José do Rio Preto contra os projetos que prevêem criação de cargos em comissão na prefeitura, aumento de salários e seis novas cadeiras para vereadores.

Impelidos pelos acontecimentos dos últimos dias e pela força das redes sociais na internet, muitos estudantes resolveram sair às ruas e protestar. Movimento democrático, justo e fundamental para o exercício da cidadania.

Plantados à porta da Câmara neste dia 16 de agosto, eles aguardam o horário da sessão ordinária em que os vereadores votarão um dos projetos. Demonstram perspicácia, coragem e vontade de fazer a diferença. Mas uma coisa eu temo: o barulho excessivo pode ser uma carroça vazia.

Quero deixar claro que não estou minimizando a atuação dos manifestantes. Muito pelo contrário: a iniciativa é louvável, mas precisa ser consistente.

Para protestar é preciso saber daquilo que se reclama, senão vira oba-oba midiático. É fundamental conhecer a nuance dos projetos, ouvir o prefeito, os vereadores, conhecer todos os detalhes da proposta. De bate-pronto, é óbvio que a aprovação dessas medidas vai impactar nos cofres públicos. Mas isso por si só não basta para transformar os rumos da nossa política.

Precisamos de mais. Mais participação, mais debates, mais idéias. De forma organizada, civilizada, com fundamentação e conteúdo.

Já disse em outras oportunidades no meu Twitter e no meu Facebook que sou CONTRA o aumento dos salários dos vereadores (no caso, quase o dobro do atual), porém DEFENDO o aumento de cadeiras na Câmara. Isso significa mais representatividade e menos “controle” do prefeito sobre o Legislativo, para resumir.

Sou CONTRA a criação de 230 cargos em comissão na estrutura administrativa da prefeitura, mas também não dá pra ficar sem ninguém. Um menor número talvez fosse suficiente para atender as demandas, já que o governante, independente de quem seja, precisa ter pessoas de sua confiança para ajudá-lo a administrar.

Sou CONTRA também a não necessidade de mão de obra especializada em determinadas áreas, às quais seriam fundamentais para o bom desempenho das funções. O projeto enviado pelo prefeito Valdomiro Lopes não contempla isso, infelizmente.

No entanto, entre mortos e feridos, minha recomendação é que os estudantes passem a militar na política partidária de nossa cidade além deste evento em especial. Que os jovens e as pessoas de bem se interessem mais pelo que tem acontecido no município, e assim possam participar das decisões futuras.

Vamos recuperar o tempo perdido. Vamos encher nossas carroças a partir de agora.

Diego Polachini

Um comentário:

  1. Olá, parabens pelo blog, alem de atual é interessante
    .
    Sobre este seu artigo em questão: 'Manifestações muito além de carroças vazias', concordo contigo, com o agravante do fato dos jornais esconderem que se tratava de um movimento político e de classe, ao invez de uma expressão popular iniciada na internet sem vinculos partidarios, que daria mais força aos protestos e ao movimento pela isenção
    .
    Isso ficou comprovado no desfile de 7 de setembro/2011, quando o Psol travestiu o 'grito dos Excluídos' pelo #vergonhariopreto
    .
    Eu não tenho vergonha de Rio Preto
    .
    Alaikum As-Salaam

    ResponderExcluir